Havia um general chinês conhecido por ser um grande líder, um homem de coragem e força. Nada era capaz de abalar a sua convicção. O homem não temia a morte.

Um dia ele recebeu em casa a visita de um Mestre Zen para tomar um chá e conversar sobre artes marciais. O general serviu o Mestre em uma bela xícara de porcelana, finamente decorada, uma verdadeira relíquia e herança de uma família nobre. Era uma peça de estimação pessoal.

No momento em que o general ia servir o chá, sua mão vacilou e a xícara iria se espatifar no chão. Muito ágil, o general lançou-se ao chão e, no último momento, conseguiu apanhá-la. Mas ele sentiu medo e terror pela primeira vez na vida.

Ainda tremendo e suando frio, o general olhou para o Mestre que o observara.

“O senhor liderou homens nas mais terríveis guerras e passou por momentos assustadores na vida sem jamais vacilar. Como é possível se sentir transtornado por causa de um pequeno objeto de porcelana?”, perguntou o Mestre.

O general assustou e deixou a xícara cair ao chão.

junho 27, 2013

Desapego

Havia um general chinês conhecido por ser um grande líder, um homem de coragem e força. Nada era capaz de abalar a sua convicção. O homem […]
junho 6, 2013

Atenção

Um dia um homem procurou o mestre pedindo para que ele lhe contasse alguma máxima budista. O homem queria tê-la na ponta da língua para poder […]

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Havia um general chinês conhecido por ser um grande líder, um homem de coragem e força. Nada era capaz de abalar a sua convicção. O homem não temia a morte.

Um dia ele recebeu em casa a visita de um Mestre Zen para tomar um chá e conversar sobre artes marciais. O general serviu o Mestre em uma bela xícara de porcelana, finamente decorada, uma verdadeira relíquia e herança de uma família nobre. Era uma peça de estimação pessoal.

No momento em que o general ia servir o chá, sua mão vacilou e a xícara iria se espatifar no chão. Muito ágil, o general lançou-se ao chão e, no último momento, conseguiu apanhá-la. Mas ele sentiu medo e terror pela primeira vez na vida.

Ainda tremendo e suando frio, o general olhou para o Mestre que o observara.

“O senhor liderou homens nas mais terríveis guerras e passou por momentos assustadores na vida sem jamais vacilar. Como é possível se sentir transtornado por causa de um pequeno objeto de porcelana?”, perguntou o Mestre.

O general assustou e deixou a xícara cair ao chão.