fbpx

A mudança

Desde a mais tenra infância, o Mestre era conhecido como “o do contra”. Sua família, de tão acostumado à sua contestação habitual, sempre lhe dizia para fazer exatamente o contrário do que queria que ele fizesse.
No dia do seu aniversário de quatorze anos, o Mestre e seu pai levavam ao mercado um burro carregado de farinha. Assim que rompeu a aurora, foi encontrá-los, atravessando uma frágil ponte de corda, e a carga começou a escorregar para um lado.
– Rápido, – berrou o pai -, suspenda a carga do lado esquerdo, senão toda a farinha vai se perder.
Imediatamente, o Mestre levantou o saco do lado esquerdo. Resultou que toda a carga desequilibrou-se de vez, caindo na torrente que corria abaixo.
– Que tolo ridículo! – disse o pai. – Você não faz tudo sempre ao contrário? Se falei da carga da esquerda, era para suspender a da direita!
– Certo, pai. Mas agora tenho quatorze anos. Desde o alvorecer de hoje, sou considerado um adulto racional e, portanto, cumpridor de suas ordens.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Desde a mais tenra infância, o Mestre era conhecido como “o do contra”. Sua família, de tão acostumado à sua contestação habitual, sempre lhe dizia para fazer exatamente o contrário do que queria que ele fizesse.
No dia do seu aniversário de quatorze anos, o Mestre e seu pai levavam ao mercado um burro carregado de farinha. Assim que rompeu a aurora, foi encontrá-los, atravessando uma frágil ponte de corda, e a carga começou a escorregar para um lado.
– Rápido, – berrou o pai -, suspenda a carga do lado esquerdo, senão toda a farinha vai se perder.
Imediatamente, o Mestre levantou o saco do lado esquerdo. Resultou que toda a carga desequilibrou-se de vez, caindo na torrente que corria abaixo.
– Que tolo ridículo! – disse o pai. – Você não faz tudo sempre ao contrário? Se falei da carga da esquerda, era para suspender a da direita!
– Certo, pai. Mas agora tenho quatorze anos. Desde o alvorecer de hoje, sou considerado um adulto racional e, portanto, cumpridor de suas ordens.