fbpx

A Resposta do Homem Morto

Quando o Discípulo, que depois se tornou um pregador bem conhecido, foi a um instrutor em busca de orientação pessoal, foi-lhe pedido que explicasse o som de uma mão.
O Discípulo concentrou-se sobre qual poderia ser o som de uma mão. ”Você está muito apegado à comida, à riqueza, às coisas e a esse som. Seria melhor que você morresse. Isto resolveria o problema.”
Na próxima vez que o Discípulo apareceu diante de seu instrutor novamente lhe foi perguntado o que ele tinha a mostrar em relação ao som de uma mão. O Discípulo imediatamente caiu como se estivesse morto.
“Você realmente está morto”, comentou o instrutor,
”Mas e o som?”
“Eu ainda não resolvi isto”, respondeu o Discípulo, olhando para cima.
“Mortos não falam”, disse o instrutor. “Fora!”

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Quando o Discípulo, que depois se tornou um pregador bem conhecido, foi a um instrutor em busca de orientação pessoal, foi-lhe pedido que explicasse o som de uma mão.
O Discípulo concentrou-se sobre qual poderia ser o som de uma mão. ”Você está muito apegado à comida, à riqueza, às coisas e a esse som. Seria melhor que você morresse. Isto resolveria o problema.”
Na próxima vez que o Discípulo apareceu diante de seu instrutor novamente lhe foi perguntado o que ele tinha a mostrar em relação ao som de uma mão. O Discípulo imediatamente caiu como se estivesse morto.
“Você realmente está morto”, comentou o instrutor,
”Mas e o som?”
“Eu ainda não resolvi isto”, respondeu o Discípulo, olhando para cima.
“Mortos não falam”, disse o instrutor. “Fora!”