A Última Vontade e Testamento

IKKYU, um famoso instrutor Zen da era Ashikaga, era filho do imperador.
Quando ele era bem jovem, sua mãe deixou o palácio e foi estudar Zen num templo. Dessa forma o Príncipe Ikkyu também se tornou um estudante. Quando sua mãe faleceu, deixou com ele uma carta. Nela estava escrito:

Para Ikkyu:

Terminei meu trabalho nesta vida e agora estou voltando à Eternidade. Quero que você torne-se um bom estudante e realize sua natureza de Buda. Você saberá se eu estou no inferno e se estou sempre com você ou não.
Se você tornar-se um homem que compreende que o Buda e seu seguidor, Bodhidharma, são seus próprios servidores, você pode deixar o estudo e trabalhar para a humanidade. O Buda pregou por quarenta e nove anos e durante todo esse tempo descobriu que não era necessário dizer uma única palavra. Você deveria saber por quê. Mas se não sabe e contudo quiser saber, evite pensar de forma infrutífera.

Sua mãe,
Que não nasceu, que não morreu.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

IKKYU, um famoso instrutor Zen da era Ashikaga, era filho do imperador.
Quando ele era bem jovem, sua mãe deixou o palácio e foi estudar Zen num templo. Dessa forma o Príncipe Ikkyu também se tornou um estudante. Quando sua mãe faleceu, deixou com ele uma carta. Nela estava escrito:

Para Ikkyu:

Terminei meu trabalho nesta vida e agora estou voltando à Eternidade. Quero que você torne-se um bom estudante e realize sua natureza de Buda. Você saberá se eu estou no inferno e se estou sempre com você ou não.
Se você tornar-se um homem que compreende que o Buda e seu seguidor, Bodhidharma, são seus próprios servidores, você pode deixar o estudo e trabalhar para a humanidade. O Buda pregou por quarenta e nove anos e durante todo esse tempo descobriu que não era necessário dizer uma única palavra. Você deveria saber por quê. Mas se não sabe e contudo quiser saber, evite pensar de forma infrutífera.

Sua mãe,
Que não nasceu, que não morreu.