Meditação

A meditação é uma técnica milenar utilizada para o desenvolvimento do indivíduo, ajudando-o a aumentar sua concentração e percepção, e a lidar de forma serena com as situações difíceis do seu dia-a-dia, ajudando-o a recuperar-se de suas enfermidades e a manter-se saudável.

Ao observar-se a melhora de alguns pacientes que praticavam essa técnica milenar, iniciaram-se estudos para a avaliação científica dos efeitos da meditação no estado de saúde das pessoas. Por meio da utilização da ressonância magnética foi possível comprovar os efeitos dessa prática nas atividades cerebrais. Por exemplo: no lóbulo frontal, responsável pela conexão de idéias e percepção, a atividade se intensifica durante a prática da meditação. Essa ocorrência de atividade nas áreas cerebrais é que nos propicia um aumento na capacidade de concentração e a melhora na percepção do mundo exterior, capacitando-nos com uma melhor maneira de lidar com as adversidades do cotidiano.

Através desta visão e de acordo com o seu compromisso de despertar a consciência da descoberta de cada um de seus pacientes, a Clínica Com-Ciência indica a prática da meditação para que todos possam perceber suas potencialidades. A prática da meditação é muito utilizada para as pessoas que desejam manter o foco em suas metas, lidar com a ansiedade e com o estresse e como complemento no tratamento das enfermidades.

A meditação pode ser praticada individualmente ou em grupo. Para os iniciantes, o ideal é meditar, pelo menos, cinco minutos por dia. Com o tempo, recomenda-se 20 minutos pela manhã e 20 minutos antes de dormir. Para descobrir seus efeitos, é preciso persistência. Os efeitos só podem ser notados com a prática constante.

Todas as quintas-feiras, a partir das 20h30, a clínica Com-Ciência disponibiliza seu espaço aos seus pacientes para a prática da meditação em grupo, sob a orientação de sua equipe médica que ensina como meditar caminhando, em casa, no parque ou até mesmo, em pleno trânsito.

A Meditação e o Vôo da Águia

Dizem os sábios que os resultados da meditação podem ser comparados ao vôo da águia. Quanto mais alto a águia conseguir voar, maior será o campo de visão que ela terá para visualizar e atacar sua presa. Isso representa o desenvolvimento da atenção.

Ao visualizar sua presa, a águia desce em vôo certeiro, sem olhar para mais nada. Isto é a concentração.

Na meditação, o processo é semelhante. A prática constante é como o vôo e sua altitude. Quem medita fica atento e concentrado em um objetivo, aumentando assim o raio de percepção, o controle de suas emoções e sensações e a capacidade de desenvolver ações sem perder o foco de seus objetivos.

ARTIGOS RELACIONADOS

setembro 29, 2016

O empréstimo

Certa vez, um homem bastante pobre procurou um abastado empresário para pedir-lhe um empréstimo de dez mil dólares por seis meses. O empresário respondeu-lhe que preferia […]
setembro 29, 2016

Quem é ele?

O mestre disse: “Os budas passados e futuros, ambos são seus servos. Quem é ele?”
setembro 1, 2016

A Última Vontade e Testamento

IKKYU, um famoso instrutor Zen da era Ashikaga, era filho do imperador. Quando ele era bem jovem, sua mãe deixou o palácio e foi estudar Zen […]
setembro 1, 2016

O monge é

O monge é, ao mesmo tempo, um tolo e um homem sábio. Certo dia, ele estava em seu jardim jogando migalhas de pão em torno dos […]
julho 28, 2016

Debaixo da ponte não há ladrões

Debaixo da uma ponte vivia uma família de mendigos, um homem, uma mulher e o filho. Um dia, voltando de mendigar, disse a mulher ao marido: […]
julho 21, 2016

Sobre o pinheiro pára-sol

Na China havia um monge que, por fazer meditação empoleirado num pinheiro, fora alcunhado de mestre Ninho de Passarinho. Um poeta muito célebre foi visitá-lo e, […]
julho 14, 2016

Um público de bonecas

Um monge ouvia as preleções de um mestre. Na estréia das palestras, a assistência foi numerosa mas, a pouco e pouco, nos dias seguintes, a sala […]
junho 23, 2016

A Moral do tao

Um famigerado ladrão, interessava ao sábio Confúcio; este, com efeito, supunha poder convertê-lo. Dirigiu-se, portanto, á montanha em que o ladrão vivia, retirado, e propôs-se educá-lo. […]
junho 2, 2016

Entrai pelo pórtico

Um monge chamado Choro faz uma visita a Kisan, o discípulo de mestre Tosan. Tosan pergunta: Como se pode quebrar o pórtico estreito com a ponta […]
maio 12, 2016

A verdadeira senda

Imediatamente antes do Abade morrer, o mestre o visitou. “Posso conduzi-lo?”, perguntou o mestre. Abade respondeu: “Vim para cá sozinho e irei sozinho. Que ajuda você […]
abril 7, 2016

Início do mundo

Um Discípulo pergunta ao Mestre: – Mestre como se vivia no inicio do mundo? O Mestre responde: – Nos tempos em que a vida no mundo […]
março 31, 2016

Ser é ensinar

Um profeta chegou certa vez a uma cidade para converter seus habitantes. A princípio, as pessoas ouviram seus sermões, mas pouco a pouco, foram se afastando […]
março 24, 2016

A pedra

O Discípulo procura o Mestre “Lá em casa eu tenho uma grande pedra na qual posso até me recostar. Eu a considero como um Buda. Posso […]
março 13, 2016

Um Buda antes da história

Um monge perguntou ao mestre: “Eu soube que um Buda que viveu antes da história registrada sentou-se em meditação por dez ciclos de existência e não […]
março 3, 2016

O vício

O Discípulo pergunta ao Mestre: – Como se convence o pinguço de que o álcool é nojento? O Mestre responde: – Misturando genciana.
fevereiro 25, 2016

Uma gota de água

Um Mestre Zen pediu a um jovem estudante que lhe trouxesse um balde de água para esfriar a água do seu banho. O estudante trouxe a […]
fevereiro 18, 2016

O templo silencioso

Um instrutor Zen tinha um só olho e possuía uma iluminação reluzente. Ele ensinava seus discípulos no templo. Dia e noite todo o templo ficava em […]
fevereiro 11, 2016

Ensinando o essencial

Nos Tempos Antigos no Japão, as lanternas de bambu e papel eram usadas com velas dentro delas. A um cego, que visitava um amigo certa noite, […]
fevereiro 4, 2016

Três coisas para que não peque

O Mestre disse: “Considere três coisas para que você não peque.” – Saiba: – De onde veio? – Para onde vai? -“A Quem, finalmente, você deverá […]
agosto 12, 2015

O Portal sem Portões

A Clinica Com-Ciência está promovendo encontros sobre o sistema de Koans com o objetivo de exercitar a busca do conhecimento interior. Os Koans se apresentam na […]
agosto 12, 2015

Agarrar a oportunidade

O mestre e o discípulo observaram uma briga entre um judoca e um operário. O judoca aplicou-lhe uma gravata. Por esse waza, num combate oficial, o […]
julho 30, 2015

Diálogo Zen

Os Instrutores Zen treinam os seus jovens alunos a expressarem a si mesmos. Dois templos Zen tinham, cada um deles, uma criança mantida por eles. Uma […]
julho 23, 2015

Grandes Ondas

Grandes Ondas era um rapaz muito forte e conhecia a arte de lutar. Em seus treinamentos, ele derrotava até mesmo seu instrutor, mas em público ele […]
julho 16, 2015

Filhos de sua majestade

O Tutor do Imperador também era um mestre de esgrima e profundo estudante de Zen. Sua casa era uma morada de vagabundos. Ele possuía apenas um […]
julho 7, 2015
palestra

Palestras

Durante o decorrer do ano, nossos médicos realizam, na própria clínica, palestras sobre ansiedade, raiva, medo e força de vontade, entre outros temas. Eles mostram como […]
julho 7, 2015
meditacao

Efeitos da Meditação

A meditação se propõe a educar a mente em relação aos fatores externos e às garras do inconsciente, que nos leva por caminhos dispersos, confusos, cheios […]
julho 7, 2015
como-meditar

Como Meditar

Conheça o passo-a-passo para quem vai iniciar a prática da meditação. Escolha roupas confortáveis; Escolha um local onde você esteja bem acomodado; Retire os sapatos (abandone […]
julho 7, 2015
meditacao-ciencia

Meditação e Ciência

julho 7, 2015
projeto-conscientizar

Projeto Conscientizar

Projeto Conscientizar é a oportunidade que a Clínica Com-Ciência oferece para que uma pessoa possa, em apenas um final de semana, participar das principais atividades voltadas […]
julho 7, 2015
cha2

Cerimônia do Chá

Há quase cinco mil anos os orientais têm o costume de tomar chá verde. Os benefícios estão tanto na própria bebida quanto no ritual, cujo princípio […]
julho 7, 2015
o-outro-dos-outros

O Outro dos Outros Sou Eu?!

Dias 8,9 e 10 de Julho O Projeto Conscientizar* está preparando mais uma oportunidade de crescimento pessoal. Adorável final de semana em São Francisco Xavier – […]
julho 2, 2015

A Última Pancada

O discípulo havia estudado com o Mestre desde a infância. Quando tinha vinte anos ele quis deixar o seu instrutor e visitar outros para um estudo […]
junho 18, 2015

Três Tipos de Discípulos

Um Mestre Zen costumava dizer: “Há três tipos de discípulos”: Discípulo 1 são aqueles que transmitem o Zen aos outros. Discípulo 2 são aqueles que mantêm […]
junho 11, 2015

Misso Azedo

O Monge cozinheiro, do mosteiro do grande Mestre decidiu que iria cuidar bem da saúde de seu velho instrutor e dar a ele somente misso recentemente […]
maio 28, 2015

Verdadeiros Amigos

Há muito tempo atrás, na China, havia dois amigos, um que tocava a harpa com habilidade e um que escutava com habilidade. Quando um deles tocava […]
maio 21, 2015

A Voz da Felicidade

Um cego que vivia próxima ao templo do mestre disse a um amigo: “Porque sou cego, não posso ver o rosto de uma pessoa, e assim […]
maio 14, 2015

O Chinês Feliz

Qualquer um que caminhe em bairros chineses nos Estados Unidos encontrará estátuas de um homem robusto carregando um saco de linhagem. Comerciantes chineses o chamam de […]
abril 30, 2015

Um Buda

Em Tóquio, no período Meiji, viviam dois destacados instrutores com características opostas. Um deles, Usho, seguia os preceitos do Buda escrupulosamente. Ele nunca bebia bebidas alcoólicas […]
abril 23, 2015

A Verdadeira Reforma

O Mestre devotou sua vida ao estudo do Zen. Um dia soube que seu sobrinho, apesar dos conselhos dos parentes, estava gastando dinheiro com uma cortesã. […]
abril 9, 2015

Sem Trabalho, Sem Comida

Um Mestre Zen se manteve trabalhando com seus Discípulos até os 80 anos de idade, aparando a grama nos jardins, varrendo o chão e podando as […]
abril 2, 2015

O Zen na Vida de um Mendigo

Um Mestre bem conhecido em sua época havia vivido em vários templos e ensinado em várias províncias. O último templo que ele visitou acumulou muitos seguidores […]
março 26, 2015

O Buda Vivo e o Fabricante de Banheiras

Os Mestres Zen dão orientação pessoal em uma sala afastada. Ninguém entra enquanto o instrutor e o aluno estão juntos. O Mestre Zen gostava de falar […]
março 19, 2015

O Livro

O Mestre Zen teve somente um Discípulo. Após o Discípulo ter concluído seu estudo do Zen, o Mestre chamou-o a seu quarto. “Estou ficando velho”, ele […]
março 12, 2015

Sem Água, Sem Lua

Quando a monja estudou sob a orientação do Mestre, ela não conseguiu alcançar os frutos da meditação por um longo tempo. Finalmente, numa noite enluarada, ela […]
março 5, 2015

Meu Coração Arde como o Fogo

Um Mestre, o primeiro instrutor Zen a vir para os Estado Unidos, disse: “Meu coração arde como o Fogo, mas meus olhos são tão frios como […]
fevereiro 26, 2015

Recitando os Sutras

Um Fazendeiro pediu a um sacerdote que recitasse sutras para sua esposa, que havia morrido. Terminada a recitação, o fazendeiro perguntou: “Você acha que minha esposa […]
fevereiro 19, 2015

Obediência

As Palestras do Mestre eram assistidas não apenas por estudantes de Zen, mas por pessoas de todas as classes sociais e de todas as seitas. Ele […]
fevereiro 12, 2015

O Imperador

O Imperador chegou certa vez a uma lagoa e parou para ver seu reflexo nas águas paradas. – Este reflexo sou eu? – perguntou a seu […]
fevereiro 5, 2015

O Vinagre do Mestre

Um Mestre Zen que deixou o formalismo dos templos para viver debaixo de uma ponte com mendigos. Quando estava ficando muito velho, um amigo o ajudou […]
janeiro 29, 2015

A Resposta do Homem Morto

Quando o Discípulo, que depois se tornou um pregador bem conhecido, foi a um instrutor em busca de orientação pessoal, foi-lhe pedido que explicasse o som […]
janeiro 22, 2015

Chuva de Flores

Um Mestre era capaz de compreender a potência da vacuidade, o ponto de vista segundo o qual existe exceto em seu relacionamento de subjetividade e objetividade. […]
janeiro 15, 2015

Comendo a Culpa

Surgiram circunstâncias num certo dia que atrasaram o preparo do jantar de um Mestre e de seus seguidores. Com pressa, o cozinheiro foi ao jardim com […]
dezembro 11, 2014

No mundo dos sonhos

“Nosso Mestre costumava tirar uma soneca todas as tardes”, contou um discípulo. “Nós, crianças, perguntamos a ele por que ele o fazia, e ele nos disse: […]
dezembro 4, 2014

Proporção Precisa

Um Mestre, de chá, queria pendurar uma cesta de flores numa coluna. Ele pediu a um carpinteiro que lhe ajudasse, instruindo o homem a colocá-la um […]
novembro 27, 2014

A Coisa Mais Valiosa do Mundo

Um Mestre Zen chinês, foi questionado por um estudante: “Qual é a coisa mais valiosa do mundo?” O Mestre respondeu: “A cabeça de um gato morto.” […]
novembro 19, 2014

Tudo é o Melhor

Quando o Mestre estava caminhando através de um mercado, ouviu a conversa entre um açougueiro e seu cliente. “Dê-me o melhor pedaço de carne que você […]
novembro 13, 2014

Apenas Vá Dormir

O Discípulo estava sentado ao lado da cama do Mestre três dias antes de seu instrutor morrer. Mestre já o havia escolhido como seu sucessor. Pouco […]
novembro 6, 2014

Despedida

Finalmente o Discípulo ia deixar o seu Mestre. Viveu com ele, muitos anos seguidos. A porta do quarto estava totalmente aberta. O Discípulo entrou cuidadosamente desta […]
outubro 30, 2014

Gula

Gula não é pecado Mas sim Ter a boca Menor que o bocado
outubro 23, 2014

Mestre fala sobre atingir o objetivo

Discípulo decidiu aprender a arte cavalheiresca do arqueiro Zen, sempre que podia treinava. Levava consigo uma placa de madeira, onde havia pintado um pequeno disco preto, […]
outubro 16, 2014

Vida

A folha caindo agora é borboleta voando até a flor onde se transforma numa pétala…
outubro 9, 2014

Mestre Fala Sobre a Espontaneidade

Um Yogi foi visitar o Mestre. Quando este abriu a porta, o Yogi deu-lhe uma bofetada. Mestre revidou com tremendo soco no nariz. Yogi foi embora […]
outubro 2, 2014

O Mestre Fala Sobre o Poder

Um vendedor bem-falante estava tentando negociar com o discípulo um saca-rolha de um tipo especial. Sua originalidade era que retirava a rolha depois que ela havia […]
setembro 18, 2014

Teste de Fogo

O Mestre tinha centenas de alunos e vivia no outro lado do lago. Um dia ele cruzou o lago com todos os seus alunos e foi […]
setembro 4, 2014

Mestre e o Silêncio

Ao entardecer, sentados à beira do lago, o Discípulo perguntou: – Mestre, o que é o Silêncio?
agosto 28, 2014

Mestre e a Verdade

Mestre e seu discípulo estavam no bosque, quando o pássaro Fênix desceu em chamas e pousou perto deles. Em poucos instantes, reduziu-se a cinzas. Rapidamente o […]
agosto 21, 2014

Degraus

O absurdo e a galhofa Também são degraus Até a Suprema Verdade.
agosto 14, 2014

Koan dos Grilos

O Discípulo procurou o Mestre e pediu-lhe um Koan. Sem dizer uma palavra, o Mestre entregou-lhe uma garrafa de vidro, com dois grilos dentro. Mais tarde […]
agosto 7, 2014

Fantasia e Realidade

Um cordeirinho estava bebendo água num córrego, quando um enorme lobo acercou-se e começou a beber também. – Você está poluindo a água com sua baba […]
julho 31, 2014

Mente

Um filhote de dragão, com apenas poucos séculos de idade, perguntou a seu pai, um dragão com alguns milhares de anos: – O que é um […]
julho 24, 2014

Mestre Ensina a Voar Mais Alto

Mestre estava sonhando que era uma borboleta azul com manchas amarelas, quando acordou no meio da noite e saiu voando pela janela aberta. De manha cedinho, […]
julho 17, 2014

Mestre e a Lei da Atração

Um avestruz perdeu-se no bosque. De repente, viu-se diante de um enorme leão faminto. Cheio de medo procurou enfiar a cabeça no chão, mas ele era […]
julho 3, 2014

O Lago

Numa noite de lua cheia, o discípulo estava olhando extasiado para o reflexo da Lua e das estrelas no lago. A brisa fresca da noite arrepiava […]
junho 26, 2014

Voar

O discípulo estava tentando ensinar a borboleta a voar. O Mestre acercou-se, ficou olhando as tentativas fracassadas. Finalmente, o Mestre deu uma gostosa gargalhada e disse: […]
maio 29, 2014

Sobre o Conhecimento

Um dia o Discípulo encontrou o Mestre amarrando uma minhoca viva na ponta de uma linha de pesca, à beira do lago. – Neste lago não […]
maio 22, 2014

Sobre a Iluminação

O sapo ficou muito impressionado com a reencarnação. Ouvindo sucessivos sermões do Mestre concluiu que, um dia, ele nasceria como crocodilo, mais tarde uma vaca. No […]
maio 15, 2014

Mestre Fala Sobre o Caminho

Uma raposa faminta estava dormitando a beira da estrada, tentando esquecer a tremenda fome que sentia. Um búfalo passou e acordou-a. Olhando para cima sonolenta, viu […]
maio 8, 2014

As Máscaras

Quando Chen foi aceito como único discípulo do Mestre, resolveu impressioná-lo: fez um voto de silêncio. Trazia consigo um bloco de papel e um lápis. Ali […]
abril 17, 2014

Mestre Fala Sobre a Consciência

Certa noite fria o discípulo visitou o Mestre. Ao entrar na sala, orgulhoso e desafiadoramente, mostrou um límpido espelho de cristal, emoldurado em madeira de sândalo […]
abril 10, 2014

Mestre Fala Sobre o Amor

O discípulo estava sentado à margem de um lago quando um sapo, horrivelmente feio, pulou no seu colo e foi logo dizendo: “Beije-me que me transformarei […]
abril 3, 2014

Amor e Consciência

O Discípulo pergunta ao Mestre: – Mestre qual é o caminho, o da Consciência ou o do Amor? O Mestre responde: “Se a consciência carece de […]
março 27, 2014

Reclamação

Conta-se que havia certo mosteiro Zen que tinham regras muito rígidas. Os monges seguiam um estrito voto de silêncio e havia uma pequena exceção a esta […]
março 20, 2014

Dois Vasos

Um monge levou a seu Mestre dois vasos de plantas. “Deixe-o cair”, ordenou o Mestre. O monge soltou um vaso. “Deixe-o cair”, ordenou novamente o Mestre. […]
março 13, 2014

Desejo

Um amante suplicou durante vários meses os favores de sua amada, sem sucesso. Veio assim a sofrer as dores atrozes da rejeição. Finalmente, no entanto, sua […]
março 6, 2014

Tédio

No caminho, encontrei um mendigo e me aproximei para lhe dar algum dinheiro. Ele, no entanto, tomou minha moeda e, com um olhar de desprezo, jogou-a […]
fevereiro 27, 2014

Tristeza e Alegria

Quando lhe perguntaram qual era o caminho certo, o da tristeza ou o da alegria o mestre respondeu: – Há dois tipos de tristeza e dois […]
fevereiro 13, 2014

O Treinador

O antigo treinador de cavalos falecera e o rei precisou contratar um novo. Lamentavelmente, porém, esse homem mancava ao caminhar. Novos cavalos, todos animais magníficos, estupendos, […]
fevereiro 6, 2014

Modos

Durante a refeição, numa congregação íntima e santa, os monges sentados à mesa do Mestre conversavam em voz baixa, os gestos comedidos, para não perturbar o […]
janeiro 16, 2014

O Grande Vazio que Tudo Contém

Como fui ordenado monge gostaria de fazer uma pergunta ao Mestre? – Perfeito – respondeu o Mestre -“O que é um monge?” -“Você quer dizer de […]
dezembro 12, 2013

Aparência

Um homem cujo machado desaparecera suspeitou que o filho do vizinho o houvesse roubado. O rapaz andava feito ladrão, tinha cara de ladrão e falava como […]
dezembro 5, 2013

Meu Lugar

Rumi, o grande poeta, teve um Mestre extraordinário chamado Shams. Desde criança, Shams parecia diferente. Seus próprios pais não sabiam se o mandavam para um mosteiro […]
novembro 29, 2013

O cocheiro

Num dia muito frio, o Mestre foi com seu cocheiro a um aniversário. Depois de permanecer um pouco na sala, sentiu pena do cocheiro que aguardava […]
novembro 14, 2013

Ignorar

O Mosteiro da Lua Nova não tem portões – disse o Mestre certa vez a um conviva. – Mas como eles mantêm longe os ladrões? – […]
novembro 7, 2013

Você Está Certo!

Dois discípulos estavam discutindo sobre o verdadeiro caminho. O primeiro discípulo dizia: – É preciso esforço e dedicação. Orar, permanecer atento e viver corretamente. O segundo […]
outubro 17, 2013

Passeio

Diálogos entre dois monges. “Aonde vais?” “Vou a um passeio pelas redondezas.” “Qual o propósito de um passeio?” “Não sei.” “Bem,não sabendo fica mais perto.”
outubro 10, 2013

Palavra

Um monge solicitou um encontro com seu Mestre, pois tinha uma grande dúvida. “Mestre, aprendi que confiar nas palavras é ilusório, que o verdadeiro sentido surge […]
outubro 3, 2013

Sobrevivência

O Mestre disse: – Ou se esquive das pessoas, ou então ria do mundo e das pessoas que há nele e faça papel de tolo em […]
setembro 5, 2013

O Silêncio

Um filósofo perguntou a Buda: “Sem palavras, como é possível revelar a Verdade?” O Buda permaneceu em silêncio. O filósofo compreendeu e agradeceu profundamente. “Graças a […]
agosto 29, 2013

O Que Você Fez

Ao terminar o verão, o discípulo fez uma visita ao Mestre. “Não o vi por todo o verão, o que tens feito?”, perguntou o Mestre. “Estive […]
agosto 22, 2013

Você Não É

Um dia o Discípulo e um amigo estavam caminhando pela beira de um rio. “Como deliciosamente vivem os peixes na água”, exclamou o Discípulo. “Você não […]

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Certa vez, um homem bastante pobre procurou um abastado empresário para pedir-lhe um empréstimo de dez mil dólares por seis meses. O empresário respondeu-lhe que preferia fazer dez empréstimos de mil dólares a dez diferentes pessoas do que emprestar uma quantia maior a uma só pessoa.

Em resposta, o homem argumentou: “Você conhece a minha história. Você sabe que eu era um homem abastado até que comecei a atravessar tempos difíceis. Agora eu tenho a oportunidade de fazer um negócio que, espero, há de melhorar a minha situação. O único problema é que eu tenho que fazer um pagamento antecipado de dez mil dólares”.

“Pois bem; se a questão é restabelecer a condição de alguém”, respondeu o empresário, “o investimento é válido. Eu lhe concederei o empréstimo pedido”.

O empresário manteve o seu compromisso, e o homem recebeu o empréstimo.

Mas o que fez ele com o dinheiro? Ao invés de investir aquele valor, conforme havia dito, ele escondeu todo o dinheiro numa gaveta.

Decorrido o prazo do empréstimo, o empresário pediu a devolução do dinheiro, ao que o homem abriu a gaveta onde havia escondido o dinheiro. Ao entregá-lo ao seu benfeitor, este percebeu que as notas eram exatamente as mesmas que ele havia lhe dado por ocasião do empréstimo.

“Parece-me que você não usou o dinheiro que lhe emprestei!”, disse com surpresa.

“É verdade”, admitiu o homem, “mas, assim não perdi nada”.