Chá Verde

MAIS_VOCE_2009_2

Programa Mais Você – Rede Globo

Do quadro Faz bem.

Existem soluções para a nossa saúde que estão bem pertinho da gente.

Hoje, a gente vai mostrar quanta coisa boa podemos conseguir tomando um simples chá, o chá verde.

Se alguém dissesse que um chá gostoso e fácil de fazer tem o poder de prevenir o envelhecimento, facilitar a digestão de gorduras, reduzir a taxa de colesterol, melhorar o sistema circulatório e até prevenir câncer, você acreditaria?

E mais: se bem usado, ele não tem efeito colateral.

Pois esse chá existe sim.

O chá verde é parente do chá preto: os dois vêm da mesma planta, a camillia sinensis.

A diferença entre eles é que o chá preto passa por mais processos para escurecer e perde algumas propriedades terapêuticas.

Já o chá verde é apenas colocado no vapor e depois seco, conservando vários princípios ativos.

Segundo o Dr. Norvan Martino Leite, clínico geral e acupunturista, o chá verde é uma erva muito importante para a medicina por ser, entre outras coisas, antioxidante.

Para entender melhor: todos nós sofremos processos oxidantes em todo o corpo, na pele e nos órgãos. Essa oxidação nada mais é do que a liberação de radicais livres, moléculas responsáveis pela degeneração e envelhecimento. Além de antioxidante, o chá verde pode ser usado para tratar de colesterol alto, prevenção de alguns cânceres, problemas articulares e tem também capacidade antiinflamatória e antiviral.

Para aproveitar todas essas propriedades, é importante saber preparar o chá. Não pode ser fervido. Trata-se de uma infusão. Basta colocar água quente em cima da erva, tampar e esperar alguns minutos. Depois é coar e tomar.
Dica: para um litro de água deve-se usar, em média, 3 colheres de sopa de chá verde.

Mas, atenção, não é recomendado tomar o chá verde em excesso. No máximo, três xícaras por dia. Mais que isso pode prejudicar a absorção de ferro pelo organismo.

Quem toma cápsulas, deve saber que o ideal é duas por dia, em média. Mais do que seis, jamais.

Uma das últimas novidades na utilização do chá verde é na área da cosmética. Hoje, já é possível combinar o poder antioxidante dele com o protetor solar.

A dermatologista Denise Steiner destaca que a união entre o chá verde e o protetor solar proporciona uma prevenção mais efetiva em relação ao câncer de pele.

Sua principal ação na pele é através de uma substância chamada polifenol, que é um antioxidante. Isso impede que a pele se degenere.

Vale salientar que só o chá verde não emagrece.

Não esqueça de procurar um médico antes de decidir tomar esse chá, pois ele tem restrições para pessoas hipertensas e para quem têm hipertireiodismo.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Programa Mais Você – Rede Globo

Do quadro Faz bem.

Existem soluções para a nossa saúde que estão bem pertinho da gente.

Hoje, a gente vai mostrar quanta coisa boa podemos conseguir tomando um simples chá, o chá verde.

Se alguém dissesse que um chá gostoso e fácil de fazer tem o poder de prevenir o envelhecimento, facilitar a digestão de gorduras, reduzir a taxa de colesterol, melhorar o sistema circulatório e até prevenir câncer, você acreditaria?

E mais: se bem usado, ele não tem efeito colateral.

Pois esse chá existe sim.

O chá verde é parente do chá preto: os dois vêm da mesma planta, a camillia sinensis.

A diferença entre eles é que o chá preto passa por mais processos para escurecer e perde algumas propriedades terapêuticas.

Já o chá verde é apenas colocado no vapor e depois seco, conservando vários princípios ativos.

Segundo o Dr. Norvan Martino Leite, clínico geral e acupunturista, o chá verde é uma erva muito importante para a medicina por ser, entre outras coisas, antioxidante.

Para entender melhor: todos nós sofremos processos oxidantes em todo o corpo, na pele e nos órgãos. Essa oxidação nada mais é do que a liberação de radicais livres, moléculas responsáveis pela degeneração e envelhecimento. Além de antioxidante, o chá verde pode ser usado para tratar de colesterol alto, prevenção de alguns cânceres, problemas articulares e tem também capacidade antiinflamatória e antiviral.

Para aproveitar todas essas propriedades, é importante saber preparar o chá. Não pode ser fervido. Trata-se de uma infusão. Basta colocar água quente em cima da erva, tampar e esperar alguns minutos. Depois é coar e tomar.
Dica: para um litro de água deve-se usar, em média, 3 colheres de sopa de chá verde.

Mas, atenção, não é recomendado tomar o chá verde em excesso. No máximo, três xícaras por dia. Mais que isso pode prejudicar a absorção de ferro pelo organismo.

Quem toma cápsulas, deve saber que o ideal é duas por dia, em média. Mais do que seis, jamais.

Uma das últimas novidades na utilização do chá verde é na área da cosmética. Hoje, já é possível combinar o poder antioxidante dele com o protetor solar.

A dermatologista Denise Steiner destaca que a união entre o chá verde e o protetor solar proporciona uma prevenção mais efetiva em relação ao câncer de pele.

Sua principal ação na pele é através de uma substância chamada polifenol, que é um antioxidante. Isso impede que a pele se degenere.

Vale salientar que só o chá verde não emagrece.

Não esqueça de procurar um médico antes de decidir tomar esse chá, pois ele tem restrições para pessoas hipertensas e para quem têm hipertireiodismo.