Existência

Um jovem estudante Zen, passou por vários Mestres, até que encontrou o grande Mestre.

Na sua primeira entrevista com o novo Mestre, resolveu mostrar o quanto já sabia.

“A mente, Buda, e todos os seres não existem. A verdadeira natureza dos fenômenos é vazia. Não há realização, nenhum sábio, nenhuma mediocridade. Não há o que dar e tampouco o que receber.”

O Mestre, que estava fumando pacientemente, não disse nada. Simplesmente, acertou o discípulo na cabeça com seu longo cachimbo de bambu. O jovem ficou irritadíssimo, gritando xingamentos.

“Se nada existe, de onde veio toda essa sua raiva?”, perguntou o Mestre.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Um jovem estudante Zen, passou por vários Mestres, até que encontrou o grande Mestre.

Na sua primeira entrevista com o novo Mestre, resolveu mostrar o quanto já sabia.

“A mente, Buda, e todos os seres não existem. A verdadeira natureza dos fenômenos é vazia. Não há realização, nenhum sábio, nenhuma mediocridade. Não há o que dar e tampouco o que receber.”

O Mestre, que estava fumando pacientemente, não disse nada. Simplesmente, acertou o discípulo na cabeça com seu longo cachimbo de bambu. O jovem ficou irritadíssimo, gritando xingamentos.

“Se nada existe, de onde veio toda essa sua raiva?”, perguntou o Mestre.