O relógio

O relógio do Mestre estava sempre marcando a hora errada.

“Será que não dá para você tomar uma providência?” – diz o discípulo.

“Bem, o relógio nunca está certo.” responde o Mestre. “Qualquer que seja a providência, já será uma melhora.”

Dito isto o Mestre deu uma martelada no relógio. Ele parou.

“Você tem toda razão.” disse o mestre. – “De fato, já dá para sentir uma melhora.”

“Eu não quis dizer “qualquer providência” assim ao pé da letra, responde o discípulo, “Como é que agora o relógio pode estar melhor que antes?”

E o Mestre responde: “Bem, antes nunca estava certo.”

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

O relógio do Mestre estava sempre marcando a hora errada.

“Será que não dá para você tomar uma providência?” – diz o discípulo.

“Bem, o relógio nunca está certo.” responde o Mestre. “Qualquer que seja a providência, já será uma melhora.”

Dito isto o Mestre deu uma martelada no relógio. Ele parou.

“Você tem toda razão.” disse o mestre. – “De fato, já dá para sentir uma melhora.”

“Eu não quis dizer “qualquer providência” assim ao pé da letra, responde o discípulo, “Como é que agora o relógio pode estar melhor que antes?”

E o Mestre responde: “Bem, antes nunca estava certo.”