O Silêncio

Um filósofo perguntou a Buda:

“Sem palavras, como é possível revelar a Verdade?”

O Buda permaneceu em silêncio.

O filósofo compreendeu e agradeceu profundamente.

“Graças a vossa amável generosidade, eu penetrei no verdadeiro caminho”, disse o filósofo.

Depois que o filósofo partiu, Ananda, disse o discípulo de Buda, perguntou como o filósofo tinha conseguido alcançar a iluminação.

“Um bom cavalo corre apenas à visão da sombra do chicote”, disse Buda.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Um filósofo perguntou a Buda:

“Sem palavras, como é possível revelar a Verdade?”

O Buda permaneceu em silêncio.

O filósofo compreendeu e agradeceu profundamente.

“Graças a vossa amável generosidade, eu penetrei no verdadeiro caminho”, disse o filósofo.

Depois que o filósofo partiu, Ananda, disse o discípulo de Buda, perguntou como o filósofo tinha conseguido alcançar a iluminação.

“Um bom cavalo corre apenas à visão da sombra do chicote”, disse Buda.