Protegendo os pequenos do Sol

crianca-sol

Os raios ultravioletas são muito importantes na produção de vitamina D. Entretanto a exposição excessiva aos raios UV, pode desencadear cânceres de pele. Considera-se que 85% da radiação solar recebida por uma pessoa ocorrem nos primeiros 20 anos de vida. Portanto a prevenção deve começar na infância. O método mais utilizado de fotoproteção é o uso do filtro solar, embora o uso de acessórios protetores como camisas, bonés, óculos escuros, sombrinhas, guarda-sol… Também seja imprescindível.

Como aplicar o filtro solar?

O filtro solar deve ser aplicado 30 min antes de cada exposição. A quantidade a ser usada (cerca de 20ml/m2) deve formar uma camada espessa. O filtro deve ser reaplicado após transpiração intensa, natação e a cada duas horas de exposição solar, mesmo os protetores que no rótulo trazem a informação “não sai na água”.

Quando posso começar a usar o filtro solar em meu filho?

A partir de seis meses de idade. Até os seis meses a proteção deve ser feita com roupas, bonés e sombra.

Posso usar filtro em gel ou spray em meus filhos?

De preferência, não. Esses filtros saem mais facilmente. Os sprays não formam uma camada homogênea e espessa. A maioria dos géis contêm álcool, que pode irritar os olhos. A preferência é usar filtros em creme ou loção.

O pediatra solicitou que meu filho tome banho de sol para a produção de vitamina D. O filtro solar não vai prejudicar?

Não. Realmente, um dos maiores benefícios da UVB é a produção da vitamina D. No momento, considera-se como adequada uma exposição solar antes das 10hs ou após as 16hs de 30 min por semana com a criança totalmente despida, ou 2 horas por semana com a criança parcialmente vestida. Além desse horário a criança deve ser protegida do sol.

Pais sejam um exemplo para seus filhos. Proteja-se!


Por: Dra. Amanda Camargo Leite – CRM 118761
Pós Graduada em Dermatologia

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Os raios ultravioletas são muito importantes na produção de vitamina D. Entretanto a exposição excessiva aos raios UV, pode desencadear cânceres de pele. Considera-se que 85% da radiação solar recebida por uma pessoa ocorrem nos primeiros 20 anos de vida. Portanto a prevenção deve começar na infância. O método mais utilizado de fotoproteção é o uso do filtro solar, embora o uso de acessórios protetores como camisas, bonés, óculos escuros, sombrinhas, guarda-sol… Também seja imprescindível.

Como aplicar o filtro solar?

O filtro solar deve ser aplicado 30 min antes de cada exposição. A quantidade a ser usada (cerca de 20ml/m2) deve formar uma camada espessa. O filtro deve ser reaplicado após transpiração intensa, natação e a cada duas horas de exposição solar, mesmo os protetores que no rótulo trazem a informação “não sai na água”.

Quando posso começar a usar o filtro solar em meu filho?

A partir de seis meses de idade. Até os seis meses a proteção deve ser feita com roupas, bonés e sombra.

Posso usar filtro em gel ou spray em meus filhos?

De preferência, não. Esses filtros saem mais facilmente. Os sprays não formam uma camada homogênea e espessa. A maioria dos géis contêm álcool, que pode irritar os olhos. A preferência é usar filtros em creme ou loção.

O pediatra solicitou que meu filho tome banho de sol para a produção de vitamina D. O filtro solar não vai prejudicar?

Não. Realmente, um dos maiores benefícios da UVB é a produção da vitamina D. No momento, considera-se como adequada uma exposição solar antes das 10hs ou após as 16hs de 30 min por semana com a criança totalmente despida, ou 2 horas por semana com a criança parcialmente vestida. Além desse horário a criança deve ser protegida do sol.

Pais sejam um exemplo para seus filhos. Proteja-se!


Por: Dra. Amanda Camargo Leite – CRM 118761
Pós Graduada em Dermatologia