fbpx

Um público de bonecas

Um monge ouvia as preleções de um mestre.

Na estréia das palestras, a assistência foi numerosa mas, a pouco e pouco, nos dias seguintes, a sala se esvaziou; até que, um dia, o monge ficou só na sala com o mestre. E este lhe disse:

– Não posso fazer uma conferência só para ti; de mais a mais, estou cansado.

O monge prometeu voltar no outro dia com muita gente. Nesse dia, porém, voltou só. Não obstante, disse ao mestre:

– Podeis fazer a conferência hoje, porque eu trouxe numerosa companhia!

O monge trouxera bonequinhas, que espalhara pela sala. Disse-lhe o mestre.

– Mas são apenas bonecas!

Só eu lhe compreendi.

COMO VOCÊ ESTÁ
SE SENTINDO HOJE?


AGENDE UMA CONSULTA
(11) 3171-0900

Rua Artur Frazão, 66 - Jardins - São Paulo/SP

Um monge ouvia as preleções de um mestre.

Na estréia das palestras, a assistência foi numerosa mas, a pouco e pouco, nos dias seguintes, a sala se esvaziou; até que, um dia, o monge ficou só na sala com o mestre. E este lhe disse:

– Não posso fazer uma conferência só para ti; de mais a mais, estou cansado.

O monge prometeu voltar no outro dia com muita gente. Nesse dia, porém, voltou só. Não obstante, disse ao mestre:

– Podeis fazer a conferência hoje, porque eu trouxe numerosa companhia!

O monge trouxera bonequinhas, que espalhara pela sala. Disse-lhe o mestre.

– Mas são apenas bonecas!

Só eu lhe compreendi.